19/08/2021

Castro & Vidigal

Nesse mundo tão diverso, entendemos cada vez mais a importância do acolhimento. Como é bom ser acolhido quando começamos um trabalho em uma empresa nova, ou mesmo quando estamos com um grupo de novos amigos. Este é um sentimento muito forte que vem nos acompanhando em todas as fases da nossa vida, desde a infância. Quem lembra dos primeiros dias de aula, já sentiu na pele como é bom ser acolhido. 

No comércio, esse sentimento tem se tornado cada vez mais respeitado. Segundo os últimos estudos, durante a pandemia, o sucesso da experiência de consumo tornou-se ainda mais intrinsecamente conectada ao acolhimento que recebemos. A inter-relação entre uma marca e seu cliente tem uma base comunicacional, por isso a importância tão grande do acolhimento e do atendimento humanizado. No caso do setor de seguros, a necessidade do acolhimento está sempre muito clara, desde o momento da contratação, quando o cliente expõe as suas preocupações, até o acionamento da apólice, quando normalmente estamos passando por um momento sensível.

Seja em um acidente de trânsito, o furto ou roubo de um carro, a perda de um ente querido, algum problema de saúde, um incêndio domiciliar ou mesmo o falecimento do seu pet. Ter interações atenciosas e acolhedoras com o seu consultor de seguros é fundamental principalmente nestes momentos em que estamos mais temerosos e inseguros.  

O zelo com relação ao atendimento oferecido tem sido uma das principais premissas da Castro & Vidigal, que sempre busca deixar seus clientes totalmente à vontade para falarem de suas ansiedades, dores e preocupações. Mesmo antes da contratação, forma-se uma parceria de confiança e acolhimento que perdura e se faz presente em todos os momentos de interação entre consultor e cliente. Por ser um setor que visa a proteção, exige principalmente a escuta ativa do usuário, o que é fundamental para que sejam oferecidos os serviços que ele realmente precisa e deseja.

Da mesma forma que uma empresa precisa acolher funcionários que tenham quaisquer problemas, desde psicológicos a financeiros, os consultores de seguros são grandes parceiros de seus clientes empresariais. No caso de um profissional com uma doença grave ou mesmo durante uma cirurgia, por exemplo, o consultor de seguros deve ser envolvido para que empresa e profissional tenham toda a assistência necessária. O acolhimento vai muito além da empresa cliente da corretora, pois alcança os seus funcionários, que também precisam ter os seus desejos ouvidos e necessidades atendidas.

Um setor com produtos personalizados não deveria de forma alguma mecanizar o atendimento. E como a primeira impressão é sempre a que fica, estejamos sempre atentos para proporcionar um atendimento de qualidade e acolhedor desde o primeiro contato com o cliente, o que será vital para fazer dessa relação uma parceria duradoura. É preciso identificar a dor do cliente, o que só é possível por meio de uma escuta ativa que nos levará à definição do caminho mais assertivo em direção às necessidades dele. Nesse contato, a pressa, a falta de atenção, o diálogo de forma impessoal e a falta do olho no olho podem ser negativos e prejudicar o sucesso do atendimento como consequência à falta de segurança e abertura que este cliente terá com o seu consultor.

*Com experiência de mais de 20 anos no mercado de seguros, a Castro & Vidigal oferece suporte intensivo aos clientes, apoiando e direcionando às melhores soluções em seguros. Com sede em São Paulo, a corretora se dedica à construção de uma relação de parceria e confiança com os segurados, para entregar um serviço de alta qualidade e satisfação. Saiba mais acessando as nossas redes sociais: Instagram, Facebook e LinkedIn.